PRAGMÁTICO XI - Ferido

11:00

Foto: Tumblr

Sinceramente? Estou ferido. Incapaz de caminhar por minhas próprias pernas. Não sou uma boa companhia, não pretendo ser. Mas se você andar tão devagar quanto eu, faço-lhe um cafuné, batemos um papo até você melhorar. É que nunca gostei de ser ajudado, quer dizer, sou daqueles que ajudam. Não estou negando a sua amizade, é claro, um dia alcançarei você, mas até lá, siga sem mim. Sua felicidade não está por aqui, acredite. Está sempre na frente. Não ande para trás, ande para frente. Não pense em retroceder. Se sentir mãos em suas costas serei eu, empurrando você para que alcance a Lua ou para que não afunde no mar. Enquanto à mim? Eu estou ferido, machucado demais, mal consigo escrever. Afetado pelo mundo, um sorriso entre tantos outros choros me curam um pouco. Então, sorria por mim.

You Might Also Like

0 comentários

Instagram

Like us on Facebook

Flickr Images