Garoto do Passado - Regar

14:00


Eu comecei a regar solidão, era meio sem perceber. Eu cultivei o solitário e me apaixonei pelo silêncio, palavras jamais eram ditas, só em tom de melodia ou escrita. E chorava baixinho, e aguava uma saudade toda noite aos olhos de uma dor tão singular. Vivia a morte de não ter a companhia que queria, e se isolava por não aceitar outra em seu lugar. Ficava ali, quieto todas as noites, rodeado do escuro e silêncio, preso á um passado, e fazia das lembranças um motivo pra se viver. Apesar de não chamar todos os dias que acordava de.. vida. As vezes caminhava a passos vagos, sem ter pra onde ir, apenas seguia em frente. Na esperança que alguém trouxesse de volta um sorriso que o tempo apagou, e a vida não o reescreveu.

— Eder Moreira  (via escritor-qualquer)

You Might Also Like

0 comentários

Instagram

Like us on Facebook

Flickr Images