Garoto do Passado - Que ir?

11:58


Quer ir? Vai! Afinal, o que eu fiz não foi suficiente para te fazer ficar não é mesmo? Eu não fiz nada que outro não faria. Eu me dediquei totalmente á você, me afastei de tudo e de todos até porque eu tendo você pra mim, só para mim. Era o que me importava. Apaguei minha história, para que você pudesse escrever a nossa história, juntos. No livro não da minha vida, mais da nossa vida. Deixei de lado meus amigos, minha família, tudo para te dar toda e total atenção. Engoli a seco todos os dias ao qual você estava um pouco irritada, e me tratava com indiferença, ou simplesmente fazia de mim um tanto faz. Aquilo me machucava sabia? Como nada antes tinha me machucado mais do que sua indiferença perante a mim. Mais não me importava, era uma forma que tinha de você tirar tudo o que estava te sufocando, não era? Então simplesmente deixava a poeira baixar, ficava quieto apenas ouvindo e rezando para que isso passasse logo e que você pudesse voltar a sorrir. Os dias com você eram verdadeiras batalhas, tínhamos dias de brigas, dias de amores, desamores, ciúmes, indiferenças, mas sempre quando o dia virava noite, eu tinha a certeza que o tempo com você, era realmente o melhor de toda a minha vida. Eu parei de sonhar com as coisas que antes ocupava a minha mente, e passei a sonhar com você todas as noites, e assim, descobri que meu mundo inteiro, havia se tornado você. Eu te dei meus defeitos, mas ainda mais que isso procurei te mostrar minhas qualidades. Tentei completar aquilo que faltava em você e fiz questão que nossas peças “erradas” do quebra-cabeça se encaixasse. Você conseguiu se tornar tudo pra mim, minha força, meu sorriso, meu desejo pra viver. Conseguiu ser tudo o que eu não sou, me ensinou coisas, principalmente a amar e saber que amor realmente é estar cego, e ter a certeza que por você eu faria tudo. Absolutamente qualquer coisa que me pedisse, lembra? Você poderia me mandar pular de uma ponte, eu faria. Você sabe, eu me jogaria apenas se soubesse que isso iria trazer um sorriso em teu rosto. Meu amor, porque você me deixou ir embora? Nós éramos tão perfeito, aos meus olhos você era tudo o que eu precisava. E não, não tem essa de que “o tempo irá passar e você vai esquecer”, porque eu sei, eu não vou. Não quero esquecer, sua partida deixou abismos enormes dentro de mim, que está sendo impossível de suportar, e pior ainda de se esquecer. Fui ao meu limite para que você pudesse entender que pode existir vida sem você, mas que estar sem você machuca, me sufoca. Tudo que eu fiz desde sua partida, parece ter sido em vão. E agora estou cansado de te fazer entender que eu preciso, que eu quero você e que não posso te deixar ir embora assim. Uma vez você me fez prometer milhares de coisas, lembra-se?E eu cumpri, todas elas e ainda continuo cumprindo. Olha que engraçado, eu apenas pedi para que você nunca fosse embora, ou me deixasse, e olha só? Foi a única coisa que você soube fazer.

I loved you, Falsoprince.     (via resonares)

Texto escrito por Garoto do Passado

You Might Also Like

0 comentários

Instagram

Like us on Facebook

Flickr Images