Caçadores de Bar


Olá!
Hoje eu venho contar uma novidade pra vocês, venho falar do meu mais novo blog na internet o "Caçadores de Bar", o blog e composto por mim Luiz Eduardo e Venceslau Júnior, uma pessoa que quero levar pra vida toda, ambos gostamos de sair e conhecer lugares novos, então juntamos o útil ao agradável, resumindo... vamos sair pra lugares bem legais, comer e beber o que há de melhor e vamos contar tudo na internet pra vocês.

E o primeiro lugar que a gente visitou foi o DUB Bar, que é incrível, mas para saber a nossa opinião mesmo você vai ter que visitar o blog.


Espero que tenham gostado!
E visitam o novo blog.
Abraços e até a próxima :D

LUIZ EDUARDO

Crítica: Guardiões da Galáxia Vol. 2


A Fórmula Marvel funciona mais uma vez em Guardiões da Galáxia Vol. 2

A frase acima do texto é um grande spoiler dessa crítica. Mas convenhamos que não é nenhuma novidade. A Marvel já esta em sua terceira fase nos cinemas e Guardiões da Galáxia Vol. 2 é o décimo quinto filme dessa bem sucedida jornada. Desconsiderando alguns filmes medíocres como Homem-Formiga, Homem de Ferro 3 e o primeiro filme do herói Thor, o universo Marvel vem ganhando críticas positivas e agradando fãs e não fãs dos quadrinhos.


A história da trupe comandada por Peter Quill tem um roteiro redondo e sem grandes falhas, nada grandioso, mas o tom leve e despretensioso do filme nos conquista e se propõe a contar a origem do herói, focando em sua relação com seu até então desaparecido pai.

Cenas grandiosas de ação, efeitos visuais arrebatadores e muitas piadas nos acompanham ate o final do filme. A trilha sonora, assim como no primeiro filme é cheia de hits dos anos 80 e conquista até mesmo os “novinhos” que podem não conhecer esses clássicos.


O grande destaque cômico do filme é o fofo baby Groot que protagoniza cenas hilárias. Guardiões da Galáxia Vol. 2 ganha um lugar único no universo Marvel ao ser o primeiro filme que apesar de cômico tem forte carga emotiva. E se prepare pra se emocionar com alguns importantes personagens do universo cinematográfico Marvel.

O único defeito do filme é não fazer uma ligação direta com “Guerra Infinita” o novo filme dos Vingadores que será lançado no ano que vem e que promete encerrar o ciclo Marvel apresentado até aqui. As cenas pós-créditos, que sempre eram encarregadas de fazerem essa ligação são usadas apenas para fazer o espectador dar umas ultimas risadas antes de sair do cinema. E fique ate o final: são 4 cenas pós-créditos!

Direção: James Gunn
Elenco: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel e Bradley Cooper


Sinopse: Agora já conhecidos como os Guardiões da Galáxia, os guerreiros viajam ao longo do cosmos e lutam para manter sua nova família unida. Enquanto isso tentam desvendar os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill (Chris Pratt).

VENCESLAU JÚNIOR

Cinema Maio 2017

Foto: Tumblr

Oi gente!
Eu sei que estou meio sumido aqui no blog, mas pessoas... faculdade ocupa muito o tempo da gente, mas tudo bem, eu não vou deixar de fazer post aqui! E hoje eu venho trazendo as estreias que acontece no mês de Maio e já vou avisando o filme de Terror e Suspense estão dominando.

Confere aí...

Título: A AUTÓPSIA
Diretor: André Øvredal
Gênero: Terror
Sinopse: Tommy Tilden (Brian Cox) e Austin Tilden (Emile Hirsch), seu filho, são os reponsáveis por comandar o necrotério de uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos. Os trabalhos que recebem costumam ser muito tranquilos por causa da natureza pacata da cidade, mas, certo dia, o xerife local (Michael McElhatton) traz um caso complicado: uma mulher desconhecida foi encontrada morta nos arredores da cidade - "Jane Doe", no jargão americano. Conforme pai e filho tentam descobrir a identidade da mulher morta, coisas estranhas e perigosas começam a ocorrer, colocando a vida dos dois em perigo.


Título: NINGUÉM ENTRA, NINGUÉM SAI
Diretor: Hsu Chien
Gênero: Comédia
Sinopse: Após fazer uma vaquinha entre amigos, Edu (Emiliano D'Ávila) consegue dinheiro suficiente para levar Suellen (Letícia Lima) ao Zeffiro's, um motel bastante conceituado e caro. Lá também estão a juíza Letícia (Danielle Winits) e seu assessor Acauã (Tatsu Carvalho), os adolescentes Caju (João Côrtes) e Bebel (Bella Piero), a virgem Margot (Mariana dos Santos) e o assaltante Alexandre (Rafael Infante), além de vários outros casais. Paralelamente, o funcionário do motel Donizete (Paulinho Serra) vai até um hospital e lá é diagnosticado com um vírus raro, que até então não existia no Brasil. Por causa disto, o motel é imediatamente colocado em quarentena, com seus funcionários e hóspedes sendo impedidos de deixar o local.


Título: ROCK DOG - NO FARO DO SUCESSO
Diretor: Ash Brannon
Gênero: Animação
Sinopse: Quando um rádio cai do céu, diretamente nas mãos de um atônito Tibetan Mastiff, ele sai de casa em busca da realização de seu maior sonho: tornar-se músico. A partir de então, Mastiff se depara com diversos acontecimentos inesperados.


Título: SOBRE VIAGENS E AMORES
Diretor: Gabriele Muccino
Gênero: Drama
Sinopse: Moradores de São Francico, nos Estados Unidos, um casal gay decide acolher um casal de viajantes desconhecidos da Itália, Maria (Matilda Anna Ingrid Lutz) e Marco (Brando Pacitto). Ao longo dos dias, os quatro vão se conhecendo e se envolvendo em uma relação improvável.


Título: ALIEN: COVENANT
Diretor: Ridley Scott
Gênero: Fição Científica
Sinopse: 2104. Viajando pela galáxia, os tripulantes da nave colonizadora Covenant encontram um planeta remoto com ares de paraíso inexplorado. Encantados, eles acreditam na sorte e ignoram a realidade do local: uma terra sombria que guarda terríveis segredos e tem o sobrevivente David (Michael Fassbender) como habitante solitário.


Título: O DIA DO ATENTADO
Diretor: Peter Berg
Gênero: Drama
Sinopse: Após os atentados terroristas à Maratona de Boston em 2013, um grupo formado pelo Sargento da Polícia Tommy Saunders (Mark Wahlberg), o Agente Especial Richard Deslauries (Kevin Bacon), o Comissário da Polícia Ed Davis (John Goodman), o Sargento Jeffrey Pugliese (J.K. Simmons) e a enfermeira Carol Saunders (Michelle Monaghan) se une aos bravos sobreviventes para identificar e capturar os responsáveis pelo ataque terrorista antes que eles possam fazer novas vítimas.


Título: O RASTRO
Diretor: J. C. Feyer
Gênero: Suspense
Sinopse: João Rocha (Rafael Cardoso), um jovem e talentoso médico em ascensão, acaba encarregado de uma tarefa ingrata: supervisionar a transferência de pacientes quando um hospital público da cidade do Rio de Janeiro é fechado por falta de verba. Quando tudo parece correr dentro da normalidade, uma das pacientes, criança, desaparece no meio da noite, levando João para uma jornada num mundo obscuro e perigoso.


Título: REI ARTHUR - A LENDA DA ESPADA
Diretor: Guy Ritchie
Gênero: Ação
Sinopse: Arthur (Charlie Hunnam) é um jovem das ruas que controla os becos de Londonium e desconhece sua predestinação até o momento em que entra em contato pela primeira vez com a Excalibur. Desafiado pela espada, ele precisa tomar difíceis decisões, enfrentar seus demônios e aprender a dominar o poder que possui para conseguir, enfim, unir seu povo e partir para a luta contra o tirano Vortigern, que destruiu sua família.


Título: UM HOMEM DE FAMÍLIA
Diretor: Mark Williams (II)
Gênero: Drama
Sinopse: Um implacavél headhunter corporativo de Chicago está em plena guerra com seu civil para conseguir assumir o controle das contratações de equipe da empresa. Em meio a rivalidade no trabalho, uma tragédia familiar faz com que ele coloque em conflito sjuas vidas pessoais e profissionais.


Título: PUNHOS DE SANGUE
Diretor: Philippe Falardeau
Gênero: Biografia
Sinopse: Drama inspirado na história de Chuck Wepner, boxeador peso-pesado que inspirou a saga Rocky, ele era vendedor de bebidas na cidade de Nova Jersey, mas entrou no ringue 15 vezes com o maior pugilista do mundo, Muhammead Ali.


Espero que vocês tenham gostado.
Abraços e até o próximo post.

LUIZ EDUARDO

Você não vai gostar da nova série da Marvel


Gosto é algo individual e subjetivo. Então, julgamentos como bom e ruim são rasos e variados quando aplicados por indivíduos diferentes. Sendo assim, pessoas amam e/ou odeiam na mesma intensidade Tarantino, Michael Bay e Almodóvar. O que deve existir é um consenso se determinada obra é eficiente ou não naquilo que se arrisca a fazer.

Legion é uma série eficiente se o que ela realmente quer passar é confusão. Com referências oitentistas, visuais e sonoras, e com episódios que transitam entre o humor negro, drama e terror a série criada por Noah Hawley é inspirada no universo X-Men, em parceria da Marvel com o canal pago americano FX.


Mas não espere tramas fáceis de serem compreendidas e diálogos rasos como os dos filmes. Legion tem um roteiro bem construído e foge dos clichês de filmes e séries baseados em personagens dos quadrinhos. Os diálogos são eficientes e fogem da superficialidade. E o modo como a narrativa é construída visualmente apesar de encantadora é confusa. Muito confusa. E esse é o grande mérito da série. Os personagens estão tão confusos quanto nós, espectadores.


A já batida historia dos mutantes aqui ganha um viés interessante, ao tratar os “dons” como doenças psicológicas. David Haller, o protagonista, é um jovem que supostamente sofre de esquizofrenia até descobrir que suas supostas alucinações podem ser reais. Intrigante, e visualmente apaixonante, a série se perde, e parece enrolar demais para chegar em desfechos óbvios e que fogem da grandiosidade narrativa vista no episódio de estréia.

A questão do gosto se enquadra aqui. Os produtores parecem ter percebido que além de ser difícil de ser entendida, a série não seria para todos os públicos, e a produção foi lançada por um canal pago, que tem público mais restrito do que as séries lançadas em canais abertos.


Os 8 episódios da primeira temporada me ganharam exatamente por essa loucura (que em vários momentos parece ser uma grande viagem regada a LSD) as algumas situações arrastadas e a lentidão podem ser entraves para algumas pessoas.

Apesar do final ser decepcionante (estava com as expectativas bem altas em relação a essa série) ele deixa um gancho para uma segunda temporada, e eu confesso: não vou perder.

Destaques: Roteiro, Fotografia e Trilha Sonora.
3 Estrelas


VENCESLAU JÚNIOR

Warner Bros. Divulga primeira sinopse para "Animais Fantásticos 2"


Oi gente!
Não vamos negar que Animais Fantásticos e Onde Habitam foi um filme incrível, mas vai demorar pra lançar a continuação, se não me engano vai ser em Novembro de 2018, eu sei é muito tempo, mas a linda da Warner Bros. Pictures do Brasil divulgou o que pode ser a primeira sinopse oficial de "Animais Fantásticos 2", este que ainda está sem título definido.

Desta vez, a história mergulha ainda mais fundo nos tempos cada vez mais sombrios do Mundo Bruxo, quando Newt Scamander e os outros heróis da série precisam decidir a quem confiar sua preciosa lealdade.



Infelizmente não é muita coisa, mas saiu informações por aí que a Warner Bros. junto com o Pottermore parece vir cumprindo uma agenda de publicações referente ao início da divulgação do próximo filme.

Espero que tenham gostado.
Abraços e até a próxima!


LUIZ EDUARDO

Crítica: O Poderoso Chefinho


Amo animação e aproveitei que não tinha nenhum trabalho para fazer fui ao cinema assistir a nova aposta da DreamWorks Animation: "O Poderoso Chefinho", um filme que se passa na imaginação fértil de uma criança, um filme que pode parecer fofo, mas nem tão fofo assim!

Todo mundo sabe que a imaginação das crianças funcionam no 220, elas tem uma imaginação além da nossa, foi exatamente isso que o roteirista Michael McCullers (Uma mãe para o meu Bebê) fez na animação O Poderoso Chefinho, ele trouxe a imaginação de Francis, para criar uma aventura infantil.


Francis na maior parte do tempo se diverte muito com sua imaginação, ele foi filho único, até certo tempo, mas certo dia ele ganha um irmãozinho, que tem atitudes pra lá de estranhas, ele tenha descobrir qual é a do bebê, qual o segredo que ele esconde e só ele até então percebeu.


Pra você que acha que o filme é só para o público infantil está muito enganado, o diretor pega o lúdico infantil e faz referências a vários clássicos do cinema, como o próprio Poderoso Chefão, resumindo é um filme tanto para os pequenos e para os grandinhos.


Mesmo não sendo uma das melhores animações O Poderoso Chefinho trás várias lições para as pessoas, como que existem amor para ambos dos irmãos, não existe aquela história - que ama mais um do que o outro - e também vale ressaltar que a imaginação é o combustível para tudo.

Espero que tenham gostado.
Abraços e até o próximo post!

Sinopse: Um bebê falante que usa terno e carrega uma maleta misteriosa une forças com seu irmão mais velho invejoso para impedir que um inescrupuloso CEO acabe com o amor no mundo. A missão é salvar os pais, impedir a catástrofe e provar que o mais intenso dos sentimentos é uma poderosa força.

Roteiro: Michael McCullers
Gênero: Animação
Duração: 1h e 37min
Classificação Etária: Livre
Lançamento: 30 de Março de 2017

LUIZ EDUARDO

Vilões precisam de Amor

Foto: Nacho Diaz

Quando eu era criança eu sempre me perguntava porque os vilões eram tão maus, até que eu parei pra pensar que uma pessoa é má porque ela não recebe amor, é essa foi a ideia do ilustrador espanhol Nacho Diaz, que criou a série "Villains Need Love (Vilões Precisam de Amor)", no site Deviantart.

Confira!



Nas ilustrações, vamos ver vilões da cultura pop (e alguns personagens que são só mal-humorados) são amados por seus antagonistas de filmes. Os desenhos fizeram tanto sucesso que uma campanha de financiamento coletivo e hoje estampam camisetas, moletons, livros e até capinhas de celular que estão à venda.

Todas as fotos são do Nacho Diaz

Espero que tenham gostado.
Abraços e até o próximo post.


LUIZ EDUARDO

Instagram

Like us on Facebook

Flickr Images